Veículos dos Bombeiros incendiados no RN causam prejuízo de R$ 1,5 mi ~ PORTAL DE NOTICIAS

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Veículos dos Bombeiros incendiados no RN causam prejuízo de R$ 1,5 mi


Caminhão, ambulância e três motos foram incendiados em Pau dos Ferros.
Polícia e Corpo de Bombeiros ainda buscam pelo soldado suspeito.

Caminhão taque também foi alvo do soldado, que fugiu após atear fogo em vários veículos do Corpo de Bombeiros em Pau dos Ferros cas s[ekm   (Foto: Heráclito Daniel)
O incêndio que destruiu nesta segunda-feira (16) cinco veículos no batalhão do Corpo de Bombeiros do município de Pau dos Ferros, na região Oeste do estado, causou um prejuízo estimado de R$ 1,5 milhão aos cofres públicos. A informação foi confirmada ao G1 pelo tenente Christiano Couceiro. Ele disse que além do caminhão, da ambulância e das três motos, parte da estrutura da garagem e uma parede de uma unidade de saúde que fica por trás do prédio foram comprometidas.

"Foram destruídos o nosso caminhão, que era um veículo adaptado para o combate de incêndios, a ambulância de resgate e três motos, sendo uma do batalhão e duas que pertenciam a dois militares que estavam de serviço. O prejuízo estimado gira em torno de R$ 1,5 milhão. Tivemos danos também no teto da garagem e em uma parede da unidade de saúde vizinha ao batalhão", disse Couceiro.
Ainda de acordo com o tenente, o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte não tem carros para realizar a substituição dos equipamentos. Ele afirma que a corporação irá solicitar uma compra emergencial ao governo do Estado.
"Não temos viaturas para substituição. Os equipamentos que tínhamos já eram insuficientes, já esperávamos por mais carros. A unidade atende a 35 municípios da região Oeste, é uma região grande. Nós vamos solicitar ao governo do RN uma compra emergencial, pois aquela região não pode ficar sem assistência", falou ele.
Preocupação com a saúde do soldado foragido
Ambulância do Corpo de Bombeiros em Pau dos Ferros também ficou completamente destruída (Foto: Heráclito Daniel)
O soldado suspeito de incendiar o veículo segue foragido. De acordo com Couceiro, a preocupação do comando do Corpo de Bombeiros é de localizar o militar para entender o que aconteceu.
"Não estamos trabalhando com a questão do crime. Nossa preocupação é com a vida do soldado. Estamos pedindo às pessoas que se o avistarem o virem algum carro do Corpo de Bombeiros na região que nos avise. Precisamos entender primeiro o que aconteceu. Queremos ouvi-lo para saber o que ocasionou isso tudo. Pedimos que ele se apresente a alguma delegacia ou batalhão de polícia, ou até do próprio Corpo de Bombeiros. Nossa preocupação é de entender como está a saúde desse militar", explicou o tenente.
Se for comprovado que o soldado é o responsável pelo incêndio, o tenente explicou que ele poderá ser indiciado por uma série de penalidades, mas reiterou que a preocupação do comando do Corpo de Bombeiros é reestabelecer o serviço. "Se foi ele, lógico que existem punições. Ele pode ser acusado de abandono de posto, além de furto qualificado, pois fugiu em um carro do batalhão. Além disso, há ainda a questão do dano qualificado, pois ele usou combustível para causar o incêndio. Nesse momento, a ideia não é buscar o responsável, mas sim estabelecer o serviço, pois a população não pode ficar sem assistência".
fonte: G1

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário