Cerca de 37 cidades catarinenses são afetadas pela chuva ~ PORTAL DE NOTICIAS

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Cerca de 37 cidades catarinenses são afetadas pela chuva


Temporal, que começou na noite de quarta e só terminou no sábado, afetou principalmente as regiões Oeste e Meio-oeste, com rompimentos de barragens, alagamentos, deslizamentos de terra e bloqueio de rodovias
Cerca de 37 cidades catarinenses são afetadas pela chuva
Pelo menos 37 cidades catarinenses foram afetadas pelas chuvas, segundo o último balanço da Defesa Civil Estadual no final da manhã deste domingo, 29. O temporal, que começou na noite de quarta-feira e só terminou no sábado, afetou principalmente as regiões Oeste e Meio-oeste, com rompimentos de barragens, alagamentos, deslizamentos de terra e bloqueio de rodovias. O tempo já estabilizou no estado, com céu limpo e vento, mas o órgão espera que a contagem de municípios atingidos aumente à medida que os relatórios dos estragos cheguem.
Até o momento, 15 cidades estão com situação de emergência decretada: Joaçaba, Palmitos, Herval do Oeste, Presidente Castelo Branco, Lageado Grande, Piratuba, Planalto Alegre, Itá, Capinzal, Itapiranga, Irani, Rio do Sul, Cordilheira Alta e Videira. O município de Rio das Antas já estava com o decreto vigente por causa das chuvas do início de junho. Ao todo, 40 mil pessoas estão desalojadas ou desabrigadas.
Segundo a Defesa Civil, o nível do Rio do Peixe, na região Meio-oeste já estabilizou. O Rio Uruguai, no extremo Oeste, que inundou Itapiranga, estava com 13,5 metros na última contagem.
Algumas rodovias estaduais e federais permaneceram com trechos interditados neste domingo. Em Laguna, no Sul do estado, um deslizamento de terra bloqueou a BR-101 no quilômetro 316. Em Palmitos e Concórdia, no Oeste, o trânsito na BR-158 e na BR-153, respectivamente, o trânsito ficou totalmente interrompido também por desmoronamento das pistas. O mesmo problema aconteceu em Arvoredo, na SC-283 e em Xanxerê, na SC-155.
FONTE: Ir para página inicial do MSNESTADÃO
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário