Em jogo de tirar o fôlego, São Paulo bate o Fogão de virada e segue na briga ~ PORTAL DE NOTICIAS

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Em jogo de tirar o fôlego, São Paulo bate o Fogão de virada e segue na briga


Em um jogo eletrizante no Mané Garrincha, o São Paulo voltou a mostrar sua força e bateu, de virada, o Botafogo, por 4 a 2, na noite desta quarta-feira, no primeiro jogo do returno do Campeonato Brasileiro, e segue firme na briga pelo título. Os gols do time paulista foram marcados por Alan Kardec, Souza (duas vezes) e Pato. Zeballos e André Bahia marcaram para os cariocas.
Com o resultado, o São Paulo segue na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 39 pontos. Já o Botafogo permanece na 14ª colocação, com 22 pontos marcados. Na próxima rodada, o Tricolor tem o confronto direto contra o líder Cruzeiro, no Morumbi, enquanto o Fogão vai ao Sul enfrentar o Internacional.
De tirar o fôlego
Botafogo e São Paulo fizeram um primeiro tempo de tirar o fôlego do torcedor no Mané Garrincha. As duas equipes jogaram de maneira avançada, criando jogadas e marcando gols, totalizando cinco na etapa inicial.
O Tricolor começou melhor, chegando com perigo logo aos 4 minutos, quando Ganso fez jogada individual pela direita, viu Kardec livre dentro da área e rolou. O atacante chutou fraco e facilitou a defesa de Andrey. Mas o camisa 14 precisou só de mais uma oportunidade para marcar. Quatro minutos depois, Michel Bastos disparou pela esquerda, driblou Rodrigo Souto e cruzou rasteiro. Kardec se adiantou à marcação e deu um tapa para o fundo do gol.
Parecia que o São Paulo ia encontrar facilidades. Parecia. O Botafogo não se abateu e foi para cima do time paulista. Aos 13 minutos, uma falta foi cobrada pela direita e a bola alçada na área. Rodrigo Souto apareceu por trás da zaga e chutou para fora. Na marca dos 18, outra oportunidade para o time carioca. Gabriel soltou uma bomba de fora da área e Ceni voou para espalmar. Na sequência, Wallyson cobrou escanteio, Zeballos subiu no primeiro pau e cabeceou forte. Rogério deu rebote e o próprio meia tocou para as redes.
A pressão botafoguense continuou e a virada veio. Aos 23, em nova cobrança de escanteio, Wallyson cruzou e André Bahia subiu no meio da zaga Tricolor e testou forte para o gol. Parecia que o Botafogo ia seguir na frente do marcador. Parecia.
Anestiado após tomar dois gols em três minutos, o São Paulo voltou a atacar e teve um tento anulado aos 35. Michel Bastos recebeu pela esquerda e rolou para Pato. O atacante acionou Kardec dentro da área. Ele tirou Andrey e chutou para as redes, mas a arbitragem viu posição irregular.
O time paulista seguiu atacando e conseguiu a virada no fim do primeiro tempo, com Souza. Primeiro, aos 37, em mais uma jogada pela esquerda, Michel Bastos rolou para Pato. O atacante gingou para cima do zagueiro e chutou. Andrey defendeu, deu rebote e Souza tocou para o gol vazio. A virada veio três minutos depois. Pato viu o volante entrando na área e tocou. Souza saiu da marcação, puxou para o pé esquerdo e mandou um foguete para as redes.
E o Botafogo teve a oportunidade de ir para o intervalo com a igualdade no marcador, mas parou em Rogério Ceni. Na altura dos 45, Zeballos armou a jogada pelo meio e rolou para Wallyson, dentro da área pelo lado direito. O jogador chutou em cima do goleiro e desperdiçou a oportunidade.
Expulsão, chance perdida e vitória Tricolor
O Botafogo voltou para o segundo tempo disposto a conseguir o empate. Logo no primeiro minuto de jogo, o time chegou.  Airton, do meio de campo e lançou Wallyson, por trás da zaga adversária. O atacante ficou cara a cara com Ceni e chutou em cima do goleiro. Mas o time carioca não contava que iria ficar com um jogador a menos na marca dos 4. Airton derrubou Pato, pisou na nuca do jogador e recebeu direto o cartão vermelho.
A expulsão dificultou a vida do Botafogo, que já estava em desvantagem no placar e teve dificuldades para ajustar a marcação. E o São Paulo aproveitou a diferença. Aos 16, Alan Kardec soltou o pé na bola fora da área. Andrey saltou e espalmou. O ritmo do jogo caiu e voltou a ficar acelerado aos 29. Michel Bastos recebeu pela ponta esquerda e cruzou. Ganso apareceu livre dentro da área pelo lado direito, ajeito e chutou. Andrey caiu e fez a defesa.
Aos 33, o valente Botafogo resolveu arriscar e ir ao ataque. Yuri Mamute avançou pela esquerda, fez jogada individual e viu Wallyson passando livre pela direita. O atacante fez o lançamento, mas Michel Bastos apareceu e fez o corte. Só que as investidas cariocas deixaram a defesa desprevenida. Na marca dos 36, Osvaldo puxou contra-ataque pela direita, avançou e rolou para Pato. O atacante, livre de marcação e tocou na saída de Andrey. No minutos seguintes o Tricolor administrou, aproveitou a posse de bola e aguardou apenas o apito final.
Com o resultado, o São Paulo segue na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 39 pontos. Já o Botafogo permanece na 14ª colocação, com 22 pontos marcados. Na próxima rodada, o Tricolor tem o confronto direto contra o líder Cruzeiro, no Morumbi, enquanto o Fogão vai ao Sul enfrentar o Internacional

FONTE:  tribunadabahia.com.br/2014/09/11/em-jogo-de-tirar-folego-sao-paulo-bate-fogao-de-virada-segue-na-briga
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário